#Transformaê: Colégios do interior promovem integração com a comunidade durante a Virada Educacional

Screenshot_20170921-193850

Mais de mil escolas em toda a Bahia realizaram, nesta quinta-feira (21), a 2ª Virada Educacional #Transformaê, promovida pela Secretaria da Educação do Estado. No interior do estado, foram apresentados projetos de arte e cultura, experimentos científicos, oficinas, atividades esportivas e intervenções desenvolvidas durante o ano letivo de 2017.

Segundo o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, a escola só será mais protegida quando a comunidade a identificar como elemento dela. “Esse é o aspecto mais importante do Transformaê e das jornadas pedagógicas e, principalmente, desse novo movimento da educação na Bahia. Não se pode buscar a melhoria da educação de forma fria, pois a qualidade vem com o envolvimento da comunidade, do colegiado escolar e, principalmente, quando a gente tem a capacidade de observar como se processam as mudanças. A escola do futuro tem que ser feita exatamente por quem esteve aqui no passado, por quem está aqui no presente e apontando um futuro onde a história possa ser escrita pelas mãos que laboram dia a dia nesse ambiente e por aqueles que frequentam a escola”, destacou.

O Superintendente de Políticas para a Educação Básica, Ney Campello, participou das atividades do Colégio Estadual Edna Moreira Pinto Daltro, em Capim Grosso (a 272 Km de Salvador), na área de atuação do Núcleo Territorial de Educação (NTE) de Ipirá. Segundo Campello, com proposta pedagógica lastreada na leitura e estímulo à literatura e iniciação científica, o colégio promoveu a II Mostra Literária, associada à contação de histórias e uma Feirade Ciências. “O diferencial é que este colégio organizou a edição do Transformaê em parceria com outra unidade escolar, o Colégio Berilo Vilas Boas, do município de São José do Jacuípe, que trouxe um Simpósio de Leitura para apresentação. Outro diferencial foi a participação de estudantes de várias escolas municipais”, destacou Campello.

Na programação interdisciplinar da unidade escolar, foram realizadas pesquisas vocacionais, debates sobre diversidade de gênero, clube de leitura, debates sobre competências socioemocionais, dentre outras ações concebidas pelos estudantes do ensino médio, até o uso da dança no processo de aprendizagem e da música como estratégia do ensino da matemática. “O Transformaê de Capim Grosso consolida essa ação inovadora da Secretaria, que mobiliza a energia criativa da escola e, ao mesmo tempo, estimula e sistematiza novas arquiteturas curriculares originadas na práxis pedagógica dos estabelecimentos de ensino. Foi um dia ‘freireano’ de educação no nascer da estação das flores”, ressaltou o superintendente.

Nas Escolas Culturais das cidades de Itabuna e Juazeiro, foram apresentadas uma série de experiências educacionais e atividades culturais. Em Juazeiro, no norte do estado, os convidados visitaram a exposição de arte dos estudantes, participaram de palestras, debates, testes vocacionais e oficinas de dança e pintura. Já em Itabuna, no sul da Bahia, a Escola Cultural (Colégio Modelo) abriu as portas da unidade para a família e a comunidade participarem das atividades e brincadeiras interdisciplinares na área da dança, teatro, literatura e música. “A grande expectativa é para o Show de talentos, com a participação da comunidade escolar, e que vai acontecer ainda hoje, no auditório da unidade, diz a diretora Ednailza Carvalho.

O estudante da Escola Cultural (Colégio Modelo) de Itabuna, Matheus Saad, 16, do 1º ano do Ensino Médio, conta que participou de várias atividades e parabenizou a escola pela programação diversificada. “Apresentei um número de dança, assisti palestra e também participei da brincadeira ‘caça ao tesouro’. A escola está cumprindo o que prometeu. Também gostei da proposta da escola de revelar talentos de forma lúdica”, declara.

O Colégio Estadual Centenário, na cidade de Itaberaba (a 264Km de Salvador), no Centro Norte baiano, aproveitou o momento festivo para reinaugurar a rádio escolar ‘Radialista Iranildo Lima’, que ganhou reestruturação do espaço e equipamentos novos. “Preparamos uma programação bemdiversificada. Tivemos oficinas do Grafitaê, com a participação da família, apresentação dos projetos estruturantes, exposição dos projetos Ciência na Escola e a retomada da operação da rádio escolar, comandada pelos estudantes”, relata o diretor da unidade, Amauri Menezes.

No Colégio Estadual Alaor Coutinho, localizado na Praia do Forte, em Mata de São João, a grande atração do #Transformaê foi o 1º campeonato de skate da unidade. Na cidade de Formosa do Rio Preto (a 1.026 Km de Salvador), extremo Oeste, intervenções sociais, e apresentações de dança e da fanfarra do Colégio Isabel Araújo da Silva movimentaram a comunidade escolar e toda a cidade.

Tanto nas escolas como nos Centros de Educação Profissional, estudantes, professores, gestores e funcionários participaram desta Virada Educacional, como o CEEP em Alimentos e Recursos Naturais Pio XII, em Jaguaquara; CEEP em Saúde Adélia Teixeira, Vitória da Conquista; Colégio Democrático Estadual Anísio Teixeira, Potiraguá; Colégio Estadual de Serra Grande; Colégio Estadual Estela Aleluia Guimarães, Taperoá;  Colégio Estadual Maria Xavier Reis, Tancredo Neves;  Escola Estadual Alaor Coutinho, Vitória da Conquista; Escola Estadual Regis Bittencourt, Feira de Santana; Colégio Estadual Naomar Soares Alcântara, Itarantim; Colégio Modelo (Celem), Pojuca; Colégio Estadual Maria Xavier Reis, Tancredo Neves; Colégio Estadual Dr. Antônio Rivaldo, Porto Seguro; Colégio Estadual Estela Aleluia Guimarães, Taperoá e muito mais.  Foram 12 horas de atividades simultâneas, com a integração da escola com a comunidade, em cerca de mil unidades escolares da rede estadual de ensino da Bahia.

>> Veja as fotos desta matéria no FLICKR da Educação

Fonte: Portal da Educação

Escolas do NTE 10 se preparam para o Transformaê

transformaeArte, cultura, esporte, intervenções sociais e mostra de experimentos científicos estão entre as ações que irão marcar, nesta quinta (21), a segunda edição do #Transformaê – Virada Educacional Bahia. Tanto nas escolas como nos Centros de Educação Profissional da capital e do interior, estudantes, professores, gestores e funcionários estão prontos para a apresentação dos projetos de arte, esporte, cultura, ciência, inovação e empreendedorismo, que estão sendo desenvolvidos durante o ano letivo de 2017. Serão 12 horas de atividades simultâneas, com a integração da escola com a comunidade.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, fala sobre a importância da iniciativa. “Este é um momento em que a escola discute o ambiente de ensino e realiza transformações. Por isso, nessa ação, a Secretaria da Educação aproveita para apoiar e acompanhar as atividades com o objetivo de ouvir, perceber e sintonizar-se com a situação das escolas, para que trabalharemos para intensificar a melhora do eixo pedagógico, que consideramos o espírito da escola”, ressaltou.

Serviço

O que: #TransformaÊ – Virada Educacional Bahia

Quando: Quinta-feira (21 de setembro)

Onde: nas escolas estaduais.

Escolas com atividades previstas no NTE 10:

Col. Est. Agostinho Muniz

Col. Est. Antonílio da França Cardoso

Col. Est. Cecílio Mattos

Col. Est.Helena Celestino

Col. Est. Lomanto Junior

Col. Est. Modelo Luis Eduardo Magalhães

Col. Est. Rotary Clube

Col. Est. Dona Guiomar Barreto Meira

Col. Est. Dom Avelar Brandão Vilela

Col. Dem. Est. Profeessora Florentina Alves dos Santos

Col. Est Antonio Honorato ( Casa Nova)

Col. Est. Getúlio Vargas (Casa Nova)

CETEP Sertão do São Francisco II (Uauá)

Col. Est. Edivaldo Machado Boaventura (Uauá)

Col. Est. Maria José de Lima Silveira (Sobradinho)

Col. Est. Dr. Ives Orlando Lopes da Silva (Campo Alegre de Lourdes)

Col. Est. Luis Cabral (Canudos)

Col. Est. Olimpio Campinho (Remanso)

Col. Est. Reitor Edgard Santos ( Remanso )

Programa internacional Escolas Transformadoras será desenvolvido na Rede de Educação Profissional da Bahia

jornada-de-educacao-profissional-83

Técnicos da Secretaria da Educação, Coordenadores Pedagógicos e gestores escolares representantes dos 27 Núcleos Territoriais de Educação estão reunidos, de hoje (19) até quinta-feira (21), no Instituto Anísio Teixeira – IAT, em Salvador, para a I Jornada técnica com a Ashoka Brasil. A ação visa apresentar o ‘Programa Escolas Transformadoras’, uma iniciativa da Ashoka, instituição internacional, com sede em mais de 90 países, que no Brasil é correalizado com a Organização não governamental Alana e, pela primeira vez, faz uma parceria com uma Rede Estadual de Educação Profissional no país.

O secretário da educação, Walter Pinheiro, esteve abertura e falou sobre a importância do processo de mudança e inovação nas instituições de ensino de Educação Profissional. “Essa parceria que a gente faz agora, com os institutos que possuem experiências e estão trabalhando vários lugares, inclusive fora do país e em lugares onde tivemos grandes êxitos como no Ceará, vem em boa hora, no sentido de nos trazer a técnica. A nossa expectativa é que com essa boa mistura, que já acontece no mundo, aliada ao conteúdo que está cada vez mais inseridos em nossos centros profissionalizantes, com certeza, vamos entregar uma escola com competência muito maior para formar cidadãos, para inserir na sociedade novos conceitos e de promover transformações consubstanciais”, pontua.

O foco dessa primeira capacitação são os Coordenadores Pedagógicos e os vice-diretores dos centros da Educação Profissional do Estado, que serão os agentes multiplicadores de mudanças pedagógicas. Para o Superintendente da Educação Profissional e Tecnológica, Durval Libânio, a partir dessa parceria será possível promover as mudanças curriculares necessárias para adequar o currículo de cada escola. “Com a parceria, acreditamos que vamos conseguir avançar para empoderar nossas escolas, no sentido de promover as mudanças curriculares alinhadas à realidade territorial de cada escola e vocacionar, a partir do território e da cultura que ela se insere para, a partir dessa perspectiva, a gente começar a construir uma escola mais voltada para fora, que dialoga com a comunidade, e que, com isso, ela consiga fazer a transformação, não só dos estudantes, mas da realidade local” conta.

A vice-diretora do Centro Estadual de Educação Profissional em Tecnologia Informação e Comunicação, em Lauro de Freitas, na região Metropolitana, Sayonara Lordelo, está participando da capacitação e acredita que é chegado o momento em que a educação comece a pensar em transformação. “Precisamos pensar em transformação com a perspectiva de olhar a realidade do aluno, entender a dinâmica dessa realidade, analisar o sujeito que está sendo formado e pensar como prepará-lo para o mundo trabalho, através da formação técnica, e preparar o professor para esse desafio”, observa.

>> Clique aqui para ver todas as fotos

Programa 
O programa Escolas Transformadoras é uma iniciativa da Ashoka, organização global que reúne empreendedores sociais de diversas partes do mundo. Fruto da crença de que todos podem ser transformadores da sociedade, o programa enxerga a escola como espaço privilegiado para proporcionar experiências capazes de formar sujeitos com senso de responsabilidade pelo mundo: crianças e jovens aptos a assumir papel ativo diante das mudanças necessárias, em diferentes realidades sociais e amparados por valores e ferramentas como a empatia, o trabalho em equipe, a criatividade e o protagonismo.

O programa teve início nos Estados Unidos, em 2009, hoje conta com uma rede formada por mais de 280 escolas, sendo 18 brasileiras. No Brasil, a iniciativa foi lançada em setembro de 2015 em uma correalização com o Instituto Alana, organização sem fins lucrativos que aposta em projetos que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Fazem parte desse grupo jornalistas, professores universitários, representantes do poder público e do terceiro setor, especialistas e artistas. Após um criterioso processo de reconhecimento, as escolas são convidadas a engajar-se em uma comunidade com diversos profissionais que comungam da visão de que todos podem ser transformadores.

Fonte: Portal da Educação

Foi anunciada pelo Núcleo Territorial de Educação (NTE 10) a lista dos selecionados para a fase final da etapa regional dos Projetos Estruturantes do NTE 10. Segue a relação dos projetos, colégios e municípios:

PROJETO DANCE:
– Ao som dos tambores – CETEP – Sertão do São Francisco (Juazeiro)
– O primo Basílio – Col.da Policia Militar Alfredo Vianna – CPM (Juazeiro)
– Resgate ao samba – Col. Antonilio da França Cardoso (Juazeiro)
– Boato Ribeirinho – Col. Est. Jutahy Magalhães (Juazeiro)
– La Vida es Mejor Bailando – Col.Est. João Matos (Curaçá)

PROJETO FACE:
– Sertão sereno – CETEP Sertão do São Francisco (Juazeiro)
– Meu Chão – Col. Est. Nossa Senhora Auxiliadora (Uauá)
– Rap Revolução – CODEFAS – (Juazeiro)
– Nosso Sertão – Col. Est. Dom Avelar Brandão Vilela (Juazeiro)
– Querido tempo – Col. Modelo Luis Eduardo Magalhães (Juazeiro)
– Ubuntu – Col. Est. Rui Barbosa (Juazeiro)
– Salitre – Col. Est. Jutahy Magalhães – (Juazeiro)
– Serei Fiel- Esc. Est. Dr. Ives Orlando (Campo Alegre de Lourdes)

PROJETO ENCANTE:
– CODANGELS- CODEFAS (Juazeiro)
– CECIART – Col. Est. Cecílio Mattos (Juazeiro)
– Vida – CETEP – Sertão do São Francisco (Juazeiro)
– CELEM – Col. Est.l Modelo Luis Eduardo Magalhães (Juazeiro)
– Coral João Matos – Col. Est. João Matos (Curaçá)

PROJETO FESTE:
– Tributo a MBP- Col. Est. Polivalente Américo Tanuri (Juazeiro)
– Frei Lorenço – Col. Est. Antonilio da França Cardoso (Juazeiro)
– Um homem de raiz – CODEFAS (Juazeiro)
– Honestidade! Uma questão de consciência – Col. Est. Dom Avelar Brandão Vilela (Juazeiro)
– Geni Conta sua História – Col. Est. Modelo Luis Eduardo Magalhães (Juazeiro)

PROJETO TAL:
– Tecnologia de mais ou de menos? – Col. Estadual Marechal Castelo Branco (Pilão Arcado)
– As oito em ponto – Col. Estadual Jorge Khoury – (Sobradinho)
– Tinha que ser preto! Uma realidade que não é sua – Col. Estadual Cel. Olimpio Campinho (Remanso)
– A estação – Col. Estadual Sofia Mascarenhas (Pilão Arcado)
– Orgulho do meu nordeste – Col. Estadual Cecílio Mattos (Juazeiro)
– Poética da realidade – Col. Est. Rui Barbosa (Juazeiro)
– Caatinga, mata branca – Col. Est. Helena Celestino Magalhães (Juazeiro)
– O lamento de uma filha – Col. Estadual Luis Cabral (Canudos)

PROJETO PROVE::
– A última gota – Col. Est. Dom Avelar Brandão Vilela (Juazeiro)
– Infância Roubada – Colégio da Policia Militar Alfredo Viana -CPM (Juazeiro)
– Violência Contra a Mulher – Col. Est. Getulio Vargas (Casa Nova)
– Quantas Vidas Você Tem?- Col. Est. Misael Aguilar Silva (Juazeiro)
– Mercado do Produtor- Sob o Olhar daqueles que o faz – Col. Est. Helena Celestino Magalhães (Juazeiro)

IMPORTANTE:
A seleção dos Projetos AVE e EPA acontecerá no dia 29 de setembro de 2017 no Paço Municipal.

A culminância Regional será no dia 20 de outubro de 2017 no Centro de Cultura João Gilberto.

Rui e Pinheiro cumprem agenda de visitas a escolas em Sento Sé e Juazeiro

img-20170916-wa0005

Com o objetivo de estreitar ainda mais o diálogo com a comunidade escolar, com vistas ao fortalecimento do eixo pedagógico e na melhoria do ambiente escolar, o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, visitou neste sábado (16) os colégios estaduais Doutor Juca Sento Sé e Deputado Jayro Sento Sé, no município de Sento Sé.

Acompanhando o governador Rui Costa, Pinheiro esteve antes no Colégio Polivalente e no Colégio da Polícia Militar,em Juazeiro, e no Colégio estadual Sete de Setembro, em Sento Sé, onde inauguraram cinco novos laboratórios equipados, depois de terem cumprido uma ampla agenda de dois dias na região e lançado, inclusive, o projeto Escolas Culturais no Colégio Modelo de Juazeiro.

>> LEIA MAIS: Rui e Pinheiro entregam laboratórios no Colégio Estadual Sete de Setembro em Sento Sé

>> LEIA MAIS: Projeto Escolas Culturais é lançado em Juazeiro

O Colégio Doutor Juca Sento Sé é uma das unidades de ensino da rede estadual com  Educação em tempo integral, que oferta as séries finais do Ensino Fundamental,  o Ensino Médio e também a Educação Profissional. Nesta unidade escolar, além de percorrer as instalações físicas, o secretário dialogou com gestores e estudantes, que no momento da visita realizavam uma prova da Olimpíada Brasileira de Matemática.

“Tem sido muito gratificante e enriquecedor visitar as escolas e vivenciar momentos como este, com os estudantes em pleno sábado, atentos e concentrados respondendo questões da Olimpíada de matemática. Isso comprova que as escolas funcionam e que os estudantes são dedicados e querem realmente ampliar seus conhecimentos, ao tempo em que se preparam para o futuro e buscam uma vocação baseada nos seus estudos”, destacou o secretário.

img-20170916-wa0008 (1)

No colégio Deputado Jayro Sento Sé, Pinheiro foi recepcionado pela diretora do colégio, Adriana de Sá Passos Santos, que ficou surpresa com a visita e destacou a postura do secretário, que percorreu todas as salas e dependências da escola, com a finalidade de planejar intervenções físicas necessárias para a melhoria das instalações. “Avalio como muito positiva a visita que recebemos do secretário, principalmente porque que não estava na programação, sabendo que ele cumpriu uma ampla agenda na região”, destacou. A escola atende 710 alunos, nas modalidades Ensino Fundamental II, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos, nos três turnos.

Fonte: Portal da Educação

Projeto Escolas Culturais é lançado em Juazeiro

escolas-culturais-em-juazeiro2

Foi numa celebração de muita arte e cultura que o governador Rui Costa, acompanhado pelo secretário da Educação, Walter Pinheiro, lançou o projeto Escolas Culturais, nesta sexta-feira (15), no Colégio Modelo de Juazeiro. A solenidade contou com diversas apresentações artísticas de dança, música, teatro e audiovisual dos estudantes, além de uma oficina de grafitagem que envolveu toda a comunidade escolar.

Destaque para a apresentação de fanfarras, do coral formado por estudantes do Colégio, das apresentações de dança de finalistas dos projetos estudantis da Rede Estadual, além da peça teatral “Geni Conta sua História – adaptação da música Geni e o Zepelin, de Chico Buarque”, por estudantes do Colégio. O músico e compositor Targino Godim também fez uma apresentação especial no palco do auditório.

“É algo que emociona, por que a cultura é algo que estrutura a vida humana, e nessa fusão de Cultura e Educação transformando as escolas em espaço cultural para a toda sociedade, eu espero que isso aqui possa pulsar, vibrar e daqui saiam muitos talentos para a arte. Com certeza isso vai fazer de cada jovem, um ser humano melhor, aprendendo e consumindo arte e cultura, que é o que preenche a nossa alma”, disse o governador Rui Costa, emocionado após assistir à apresentações de jovens de Juazeiro. O governador também autorizou a construção de uma quadra coberta na unidade escolar.

>> Governador Rui Costa lança Escola Cultural em Juazeiro nesta sexta (15)

>> Jorge Portugal e Roberto Mendes levam ‘O Violão e a Palavra’ para Escola Cultural de Itabuna

Para o secretário Walter Pinheiro, o projeto proporciona interação entre as expressões de arte da cidade com as escolas. “É um encontro entre todas as práticas que a gente já executa nas escolas da rede estadual. Todas as escolas têm projetos estruturantes, agora a ideia é que a gente possa fazer com que esses projetos dialoguem com a cultura da cidade, e ao mesmo tempo, que as manifestações culturais que existem na cidade venham para a escola”.

O projeto integra o programa Educar para Transformar e tem como  objetivo promover o protagonismo estudantil, além de reconhecer e requalificar a escola como um espaço de circulação e produção da diversidade cultural do Território de Identidade onde está inserida. A iniciativa é uma ação conjunta das secretarias estaduais da Educação (Sec), de Cultura (Secult), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e da Casa Civil.

Além de Juazeiro, o projeto já foi implantado em Itabuna e envolverá 85 unidades escolares, em 85 municípios, potencializando os projetos artístico-culturais já existentes e fomentando novas atividades. Para tanto, as escolas estão sendo requalificadas para que sejam desenvolvidas atividades nas áreas de dança, música, audiovisual e literatura. Com isto, auditórios e outros espaços destas unidades escolares estão recebendo equipamentos para projeção de audiovisual, com palco para apresentações artísticas e com internet banda larga para o desenvolvimento dos projetos, a exemplo de programas de rádio e fomento ao empreendedorismo, dentre outros.

>> Governo do Estado lança projeto Escolas Culturais em Itabuna

>> Fanfarras e bandas marciais se apresentam na Escola Cultural de Itabuna nesta sexta (1º)

Dentro da metodologia de trabalho, estão incluídos, entre outras atividades, saraus literários e oficinas de canto, coral, instrumentos, dança, audiovisuais, além de potencialização das bandas marciais, fanfarras e orquestras das escolas ou criação desses conjuntos musicais nas escolas que não os possuírem.

Fonte: Portal da Educação

Rui Costa entrega laboratórios de Colégio Estadual, inaugura unidade de Saúde e anuncia obras em Santo Sé

O Colégio Estadual Sete de Setembro, localizado em Sento Sé, agora conta com cinco novos laboratórios. A inauguração dos novos equipamentos foi realizada no último sábado (16), pelo governador Rui Costa, que esteve na unidade escolar acompanhado pelo secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro. São laboratórios de Física, Química, Biologia, Matemática e Informática, devidamente equipados, para atender aos estudantes da Educação Profissional e do Ensino Médio.

Antes de visitar o Colégio, Rui inaugurou a Unidade Básica de Saúde (UBS), porte III, na sede do município, e autorizou o lançamento de licitação para restauração de 48 quilômetros da Rodovia BA-210, no trecho que liga Piçarrão a Piri e Quixaba, ao custo estimado de R$ 15 milhões.

Durante a solenidade, Rui entregou uma caçamba para a Prefeitura Municipal e 519 certificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR) aos produtores rurais, além de assinar convênios no âmbito do Programa Bahia Produtiva e Pró-Semiárido.

A celebração de 11 convênios entre a Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado (SDR) para limpeza, ampliação e requalificação de aguadas e o Consórcio Público Sustentável do Território do Sertão do São Francisco, formado pelas dez prefeituras filiadas, foram autorizados pelo governador Rui Costa em sua viagem ao município.

Fonte: Portal da Educação

Governador Rui Costa lança Escola Cultural em Juazeiro nesta sexta (15)

O governador Rui Costa lança, nesta sexta-feira (15), acompanhado pelo secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, o projeto Escolas Culturais no município de Juazeiro (502 km de Salvador). O ato será, às 16h, no Colégio Modelo. O projeto integra o programa Educar para Transformar e tem como  objetivo promover o protagonismo estudantil, além de reconhecer e requalificar a escola como um espaço de circulação e produção da diversidade cultural do Território de Identidade onde está inserida.

O projeto já foi implantado em Itabuna e envolverá 85 unidades escolares, em 85 municípios, potencializando os projetos artístico-culturais já existentes e fomentando novas atividades. Para tanto, as escolas serão requalificadas para que sejam desenvolvidas atividades nas áreas de dança, música, audiovisual e literatura. Com isto, auditórios e outros espaços destas unidades escolares receberão equipamentos para projeção de audiovisual, com palco para apresentações artísticas e com internet banda larga para o desenvolvimento dos projetos, a exemplo de programas de rádio e fomento ao empreendedorismo, dentre outros.

Dentro da metodologia de trabalho, estão incluídos, entre outras atividades, saraus literários e oficinas de canto, coral, instrumentos, dança, audiovisuais, além de potencialização das bandas marciais, fanfarras e orquestras das escolas ou criação desses conjuntos musicais nas escolas que não os possuírem.

Agenda
Em Juazeiro, o governador Rui Costa cumpre uma série de compromissos antes de lançar o projeto Escolas Culturais. A partir das 10h, Rui inaugura o novo posto do SAC – Serviço de Atendimento ao Cidadão, no Shopping Juá Garden, e a reforma e ampliação do Centro de Saúde na sede municipal.

Durante o evento, o governador assina o acordo de Cooperação Técnica e Financeira com os Consórcios Públicos do Sertão do São Francisco e Piemonte Norte do Itapicuru e inaugura o primeiro Escritório Regional do Programa Primeiro Emprego. Entre 12h15 e 13h15, o governador concederá entrevista a um pool de rádios da região.

Núcleo Territorial de Educação de Juazeiro realiza pré-seleção dos Projetos Estruturantes

IMG-20170913-WA0014

O Núcleo Territorial de Educação de Juazeiro (NTE 10) deu início hoje (13), à fase regional de pré-seleção dos Projetos Artísticos e Culturais enviados pelas escolas do Território de Identidade do Sertão do São Francisco, como parte do calendário anual dos Projetos Estruturantes da Secretaria de Educação do Estado. Momento único e muito aguardado pela comunidade Estudantil que tem a oportunidade de expressar todo o seu talento.

Até a próxima sexta-feira (15), educadores, artistas e profissionais da área da comunicação convidados devem analisar e votar nas obras pré-selecionadas para concorrer à etapa regional e futuras representantes do NTE 10 na etapa estadual dos Projetos Estruturantes. O evento de apresentação da culminância dos projetos está previsto para o segundo semestre do mês de outubro. Desde já a direção do NTE 10 convida toda comunidade para prestigiar os trabalhos dos nossos estudantes.

PROJETOS – Os Projetos Estruturantes constituem uma categoria de ação composta por um conjunto de atividades  que buscam a diversificação e inovação das práticas curriculares possibilitando melhorias na aprendizagem e fortalecimento do protagonismo estudantil. Entre as categorias que compõem os Estruturantes estão:  Artes Visuais Estudantis (AVE); Festival Anual da Canção Estudantil (FACE); Tempos de Artes Literárias (TAL); Educação Patrimonial e Artística (EPA); Encontro de Canto Coral (Encante); Produção de Vídeos Estudantis (PROVE); Mostra de Dança Estudantil (DANCE), Canto Coral Estudantil (ENCANTE), Festival Estudantil de Teatro (FEST).

 

 

Prazo para recadastramento do Poder Executivo termina no próximo domingo

O recadastramento de servidores ativos do poder Executivo do Estado está na reta final. Faltam apenas 10 dias para acabar o prazo final – próximo dia 17 – e cerca de nove mil funcionários públicos ainda não atualizaram seus dados cadastrais, o que pode resultar na suspensão dos salários, além da possibilidade de responder a processo administrativo, de acordo com o Decreto Estadual nº 15.960, como informa a Secretaria da Administração do Estado (Saeb).

O Estado possui aproximadamente 150 mil servidores ativos, mas cerca de 140 mil atualizaram seus cadastros juntos ao Governo. Todos precisam se recadastrar – servidores estatutários, cargos comissionados, contratados via Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) e até estagiários. Também têm que fazer o recadastramento os funcionários cedidos aos tribunais, aos poderes Legislativo e Judiciário e a outras esferas de governo, como municipal e federal.

A exigência de fazer o recadastramento também engloba servidores em readaptação funcional, no cumprimento de mandato eletivo e aqueles servidores do Executivo em disponibilidade para outros órgãos da Administração Direta e Indireta. O prazo para o final do recadastramento era no dia 27 de agosto, mas como muitos servidores não tinham atualizado seus cadastros até a data, o Governo prorrogou, mas em decorrência de já ter dilatado o prazo uma vez, não haverá nova prorrogação.

O recadastramento pode ser feito no Portal do Servidor ou no no site da açao. O acesso ao sistema se dá com a mesma senha do contracheque online. O procedimento, fácil, rápido, é uma exigência legal. Os servidores que tiverem dúvidas podem consultar FAQ no Portal do Servidor a fim de averiguar se sua situação funcional exige recadastramento.

A atualização cadastral teve início no dia 13 de julho. O procedimento contempla, basicamente, o preenchimento de um formulário online. Alguns campos – alteráveis ou não – já vão aparecer preenchidos na tela, com dados básicos. Os campos em branco que forem de caráter obrigatório devem ser informados pelo servidor e também o local de trabalho, regime de contratação e jornada de trabalho. Determinadas informações solicitadas no formulário serão específicas para cada secretaria. Estes dados irão operacionalizar o Sistema Integrado de Recursos Humanos (SIRH).

Implantado em fevereiro de 2015, por meio do Decreto nº 15.960, o recadastramento de ativos será realizado a cada dois anos. Em sua primeira edição, 148.281 servidores se recadastraram. Do montante de servidores que não se recadastraram, 310 saíram da folha de pagamento, ou seja, deixaram de receber os vencimentos.

Fonte: Portal do Servidor