Professores da rede estadual fazem formação para atender estudantes em domicílio e em hospitais

download (28)

Com o objetivo de formar os professores da rede estadual para o atendimento escolar a estudantes gravemente enfermos e/ou impossibilitados de frequentar o colégio regularmente, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia deu início, nesta segunda-feira (23) ao primeiro módulo da Formação Continuada em Classe Hospitalar/ Atendimento Domiciliar. Na abertura do evento, o Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares (SARAHDO), da Secretaria da Educação, foi oficialmente inaugurado. Atualmente, são atendidos em domicílio cinco jovens gravemente enfermos, assegurando-lhes escolaridade, atendimento educacional especializado e tratamento personalizado e humanizado para estudantes e familiares.

A formação, que prossegue até sexta (27), no Instituto dos Cegos da Bahia, em Salvador, reúne 40 educadores a cada módulo (serão três no total), que serão capacitados dentro da perspectiva de buscar novos conhecimentos que favoreçam a participação social ativa do público-alvo da Educação Inclusiva. O serviço de atendimento escolar aos estudantes gravemente enfermos se estenderá à rede estadual hospitalar tão logo os professores forem formados.

O superintendente de Políticas para a Educação Básica da Educação do Estado, Ney Campello, falou sobre a importância do programa de Educação Inclusiva. “Trata-se de uma das ações estruturantes da política educacional do Estado, que se confirma com a publicação das Diretrizes de Educação Inclusiva e, dentro disso, o atendimento hospitalar é emblemático para assegurar a oportunidade educacional para todos. Não temos que pensar a escola como um prédio físico. Escola é um ambiente onde o estudante está. Se esse ambiente é um hospital, a escola vai onde ele está. Se é na casa, atendemos em domicílio. É a garantia de que o Estado assegure como dever constitucional o direito de aprendizagem para todos”, afirmou.

A coordenadora de Educação Inclusiva da Secretaria da Educação, Patrícia Braille, destacou que o SARAHDO é um serviço novo no Estado, mas que já vinha sendo realizado, não oficialmente, por meio de atendimento escolar a estudantes gravemente enfermos, em suas residências. “O objetivo do serviço é que esse atendimento seja realizado para além do domicílio. Ou seja, vamos implantar uma classe hospitalar e, para isso, estamos formando e sensibilizando os professores que atuarão na área por meio deste curso que será ministrado pelas professoras Veruska Poltronieri e Irami Lopes”.

Psicopedagoga e especialista em Classe Hospitalar, Veruska Poltronier explicou que a formação na área é um campo ainda desconhecido por muitos profissionais da Educação, mas que vem crescendo.  “A formação tem o objetivo de falar um pouco sobre o que é a classe hospitalar, tanto do aspecto legal e até do ponto de vista epistemológico; o que é o atendimento domiciliar, como surgiu. A gente precisa ter não só os multiplicadores, mas que os colegas professores possam se sensibilizar com uma realidade que nos traz um número alto – cerca de seis mil – de jovens com patologias crônicas, como oncologia, nefrologia e cardiopatia, entre outras. São pessoas que vivem praticamente no hospital, então é naquele ambiente que eles vão ter acesso à Educação, enquanto, por exemplo, se submetem à uma hemodiálise”.

Atuação do SARAHDO  – É o que acontece com o estudante Mateus Silva, 15, 1º ano do Colégio Estadual Sete de Setembro, em Paripe. Ele sofre de epidermólise bolhosa, doença rara e sem cura causadas por um defeito genético da fixação da camada da epiderme na derme. A professora Ariana Santana, responsável pelo atendimento em domicílio ao aluno conta que ele tem o seu cognitivo preservado, mas nem sempre pode ir à escola por conta da sua imunidade. “Dou aula a ele na garagem de sua casa, que é iluminada e ventilada. Ele é muito interessado inteligente e hoje ele se sente uma outra pessoa porque, como é o objetivo do nosso projeto, a gente traz um olhar para além da enfermidade e, com isso, o estudante se sente estimulado a estudar”, afirmou a educadora.

A prova de que o SARAHDO tem resultados positivos foi testemunhada pelo estudante de Arquitetura e Urbanismo, Tato Gomes, 25, que já foi atendido pelo serviço. “A escola foi muito importante para mim porque me incentivou a continuar estudando e me servia de alento para a rotina a que tinha que me submeter por conta da osteosarcoma (tumor nos ossos). Com esse projeto, a gente tira a doença de foco e coloca os estudos. Tanto que hoje faço faculdade e me sinto realizado”, declarou durante o evento.

Fonte: Portal da Educação

 

Escolas têm até hoje para cadastro na Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente

Os gestores, professores e coordenadores pedagógicos das escolas do Estado da Bahia deverão cadastrar os projetos ambientais elaborados nas unidades escolares para a V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente. Para as escolas, do sexto ao nono ano do Ensino Fundamental, que já fizeram conferência escolar, o prazo para preencher o formulário se encerra hoje (20). As experiências deverão ser descritas no site do Ministério da Educação (MEC): http://formularios2.mec.gov.br/formulario-v-cnijma

O coordenador de Educação Ambiental e Saúde da Secretaria da Educação do Estado, Fábio Barbosa, falou sobre a necessidade da observância dos prazos. “É importante destacar que caso não realizem o cadastramento no site do MEC, as escolas não poderão participar das etapas posteriores. Por isso, é fundamental o empenho de toda a comunidade escolar neste processo. A Bahia vem sendo destaque nas últimas edições da Conferência e precisamos continuar dando visibilidade, cada vez mais, as ações que acontecem no chão da escola”, afirmou, ao acrescentar que, até o momento, quase mil escolas na Bahia, das redes estadual, municipais e particulares, já realizaram suas conferências escolares.

Ensino Médio – Já as escolas da Educação infantil, dos anos iniciais do Ensino Fundamental, e do Ensino Médio têm até o dia 30 de abril para fazer o registro do processo em formulário próprio pelo endereço: http://formularios2.mec.gov.br/registro-da-conferencia-na-escola-v-cnijma-fora-do-regulamento

Sobre a Conferência – Com o tema “Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas ”, a V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA) tem o objetivo de mobilizar a comunidade escolar para realizar processos educativos, por meio da participação social, sobre a dimensão socioambiental da água. A V Conferência Nacional acontece em quatro etapas. Na primeira, a conferência escolar, os alunos elaboraram um projeto de ação com foco na dimensão socioambiental da água. Na Bahia, a III Conferência Estadual Infantojuvenil pelo Meio Ambiente apresenta como tema: “As Escolas da Bahia cuidando das águas” e está em andamento com a etapa escolar.

Fonte: Portal da Educação

 

Secretaria da Educação do Estado convoca aprovados em seleção REDA para diferentes funções

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia está convocando os candidatos aprovados nos processos seletivos realizados pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). Nesta quinta-feira (19), foram publicados editais no Diário Oficial do Estado (DO) para diferentes funções: técnico de nível médio/ mediador do Ensino Médio por Intermediação Tecnológica (EMITEC), professor da Educação Básica (substituto), professor da Educação Básica e Básica do Campo, preceptor de Estágio de Enfermagem e pessoal para a Educação Inclusiva, nas funções de: Técnico de Atendimento Educacional Especializado (Técnico AEE), Tradutor/intérprete de LIBRAS.

A orientação é para que os aprovados e convocados compareçam, imediatamente, ao Núcleo Territorial de Educação (NTE) para os quais foram selecionados. No caso da Região Metropolitana de Salvador, os convocados deverão comparecer à sede da Secretaria da Educação do Estado, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), sala 138, para a apresentação dos documentos necessários à contratação. Os editais de convocação podem ser conferidos no Portal da Educação: http://institucional.educacao.ba.gov.br/selecaoconcursos

Agente de portaria – A Secretaria da Educação do Estado também divulgou, no Diário Oficial, desta quinta-feira (19), a lista dos candidatos classificados e desclassificados para a função de agente de portaria. Os mesmos terão dois dias úteis subsequentes à publicação no DO para realizar a interposição dos recursos. A ação pode ser feita via internet, através do endereço eletrônico: curso.inscricao@educacao.ba.gov.br, ou por meio do Setor de Protocolo da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, localizada na Avenida 5 , nº 550, Superintendência de Recursos Humanos da Educação – SUDEPE/DIPES, 1º andar, sala 123, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. O documento do recurso deve constar o endereço para correspondência, telefone, e-mail e assinatura do candidato.

Após a homologação do resultado final, os candidatos aprovados para agente de portaria serão convocados conforme distribuição de vagas, por meio de edital a ser publicado no DOE. Os critérios seguem segundo a opção de função temporária por Núcleo Territorial da Educação (NTE), unidade escolar e município observando rigorosamente a ordem de classificação final do Processo Seletivo Simplificado (lista de ampla concorrência, lista de candidatos negros e lista de candidatos com deficiência).

 

Fonte: Portal da Educação

Professores e profissionais da Educação podem se inscrever gratuitamente no Virtual Educa Internacional Bahia 2018

download (27)

Os professores e profissionais de Educação das redes estadual, municipal e federal do Estado da Bahia podem se inscrever gratuitamente para participar do XIX Encontro Internacional Virtual Educa, um dos maiores encontros internacionais de tecnologia aplicada à Educação da América Latina, que será realizado, pela primeira vez na Bahia, entre os dias 4 a 8 de junho. As inscrições devem ser feitas até o dia 20 de maio, através do link <virtualeduca.org/bahia2018/inscripcion/> ou pelo Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

Também seguem abertas, até o dia 30 de abril, as inscrições para que educadores de todo o Brasil possam apresentar trabalhos durante o Virtual Educa Bahia 2018. A seleção dos trabalhos será feita por uma comissão científica internacional e divulgada no dia 7 de maio. A inscrição é gratuita e deve ser realizada on-line, no endereço <virtualeduca.org/encuentros/bahia2018/PT/ponencias> ou pelo Portal da Educação.  Após a comunicação dos trabalhos selecionados para a apresentação no evento, os autores terão um prazo para confirmar a participação, bem como para solicitar revisões de possíveis erros. O resultado final dos selecionados será publicado no dia 11 de maio e a programação geral do encontro, no dia 25 de maio.

O Virtual Educa reunirá grandes personalidades da área de Educação do Brasil, da América Latina, Caribe e da África e terá como tema “Educação para transformar a sociedade em um espaço multicultural único”. As atividades acontecerão no novo Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, a ser inaugurado no antigo ICEIA, no bairro do Barbalho, em Salvador. Paralelamente, o Virtual Educa envolverá o Fórum Global de Educação e Inovação “Cooperação Sul-Sul” voltado para representantes governamentais e de instituições internacionais, a ser realizado no Porto de Salvador.

Sustentabilidade – O Virtual Educa opera por meio de uma aliança de organizações internacionais, agências multilaterais e instituições públicas e privadas, reunindo os setores público, empresarial, acadêmico e da sociedade civil. A 19ª edição do Encontro marcará o lançamento do programa Think Blue, do Banco Mundial, que visa estabelecer um marco mundial sobre a economia do mar, com foco na sustentabilidade e na economia sustentável. No ano passado, o evento reuniu mais de 29 mil pessoas em Bogotá, na Colômbia.

Fonte: Portal da Educação

 

 

Estado inscreve para seleção REDA de professor da Educação Profissional para a capital e o interior

A Secretaria da Educação do Estado está com inscrições abertas, até o dia 23 de abril, para o processo seletivo de professores para a Educação Profissional e Tecnológica, pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). São ofertadas 130 vagas, sendo 100 para professores que irão atuar no Eixo Tecnológico de Produção Cultural e Design e 30 para o Eixo Recursos Naturais. As inscrições são feitas, exclusivamente, pelo site: selecao.ba.gov.br.

A oferta para o Eixo Recursos Naturais é para professores que irão atuar no curso técnico de nível médio em Agroecologia, nos Centros Estaduais (CEEP) e Territoriais (CETEP) de Educação Profissional e anexos, localizados nos municípios de Itaitê, Wagner, Conceição do Coité, Itaberaba, Barra do Choça e Conceição do Almeida. Estes cursos são ofertados em regime de alternância, por meio do qual os alunos ficam parte do período interno na unidade escolar e parte nas suas comunidades.

Já os professores do Eixo Tecnológico de Produção Cultural e Designer irão atuar nos cursos de Canto, Cenografia, Composição e Arranjo, Comunicação Visual, Conservação e Restauro, Dança, Figurino Cênico, Instrumento Musical, Multimídia, Processos Fotográficos, Produção de Áudio e Vídeo, Publicidade, Regência e Teatro, ofertados tanto nos Centos de Educação Profissional quanto no projeto Escolas Culturais, em vários Territórios de Identidade da Bahia.

Os interessados devem possuir diploma devidamente registrado de conclusão de curso de nível superior em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação, de acordo com a função e/ou área de atuação. O processo seletivo simplificado será constituído de uma única etapa – avaliação curricular -, de caráter eliminatório e classificatório. O resultado provisório dos candidatos habilitados será divulgado no dia 25 abril, no Portal da Educação, com prazo para recursos abertos nos dias 26 e 27 de abril. A relação definitiva dos candidatos habilitados será divulgada no dia 4 de maio, para que encaminhem a documentação de comprovação da avaliação curricular.

Acesse o edital no Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

 Fonte: Portal da Educação

Secretaria da Educação do Estado convoca aprovados em seleção REDA em toda a Bahia

download (26)
A Secretaria da Educação do Estado da Bahia está convocando os candidatos aprovados nos processos seletivos realizados, em 2017, pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), para professores e profissionais da Educação. As convocações acontecem mediante publicações de editais no Diário Oficial do Estado (DO). Até o momento, a Secretaria já convocou 5.524 educadores.
 
A orientação é para que os aprovados compareçam, imediatamente, ao Núcleo Territorial de Educação (NTE) para os quais foram convocados, para os procedimentos necessários à contratação e encaminhamento às unidades escolares que possuem vaga para assumirem suas funções. Os editais de convocação podem ser conferidos no Portal da Educação:http://institucional.educacao.ba.gov.br/selecaoconcursos
Para ampliar o quadro e investir, ainda mais, na carreira do magistério estadual, a Secretaria realizou o concurso público para 3.760 vagas de professores e coordenadores pedagógicos, em 2018, com resultado final a ser divulgado no dia 12 de junho.
Fonte: Portal da Educação

 

Prorrogado prazo para inscrições de trabalhos no Virtual Educa Bahia 2018

Foram prorrogadas, até o dia 30 de abril, as inscrições para educadores de todo o Brasil que desejam apresentar trabalhos durante o Virtual Educa Bahia 2018. Trata-se de um dos maiores eventos mundiais sobre Inovação e Tecnologia aplicadas à Educação, que irá acontecer entre os dias 4 e 8 de junho, em Salvador. A seleção dos trabalhos dos educadores será feita por uma comissão científica internacional e divulgada no dia 7 de maio. A inscrição é gratuita e deve ser realizada on-line, no endereço: virtualeduca.org/encuentros/bahia2018/PT/ponencias.

Após a comunicação dos trabalhos selecionados para a apresentação no evento, os autores terão um prazo para confirmar a participação, bem como para solicitar revisões de possíveis erros. O resultado final dos selecionados será no dia 11 de maio e a programação geral do encontro, no dia 25 de maio.

Outra inscrição – Também estão abertas, até 20 de maio, no link virtualeduca.org/bahia2018/inscripcion/, as inscrições para os interessados em participar do XIX Encontro Internacional Virtual Educa. Este evento foi criado em 2001, com o objetivo de promover a inovação na Educação para promover a transformação social e o desenvolvimento sustentável, especialmente na América Latina e no Caribe. Tanto é que o lema desta edição é “Educação para transformar a sociedade em um espaço único multicultural”, em virtude da importância estratégica da Educação nas sociedades plurais do século XXI. Além disso, o Virtual Educa está associado ao I Fórum Global Virtual Educa sobre ‘Cooperação SUL-SUL’, sobre questões de inovação para a inclusão.

O Virtual Educa opera por meio de uma aliança de organizações internacionais, agências multilaterais e instituições públicas e privadas, reunindo os setores público, empresarial, acadêmico e da sociedade civil. Nesta edição do encontro, será lançado o programa Think Blue, do Banco Mundial, que visa estabelecer um marco mundial sobre a economia do mar, com foco na sustentabilidade e na economia sustentável.

 

Fonte: Portal da Educação

Secretaria da Educação do Estado lança ações para o ENEM 100%

A Secretaria da Educação do Estado lançou o projeto ENEM 100% – 2018, nesta quinta-feira (12), em videoconferência transmitida para os 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador. O projeto, que é desenvolvido ao longo do ano nos colégios estaduais, é uma ação estratégica para fortalecer a participação e a preparação de mais de 123 mil estudantes da rede que poderão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), nos dias 4 e 11 de novembro.

Durante a videoconferência foram divulgados o plano de ação e o cronograma do ENEM 100% que, nesta segunda edição, terá algumas etapas. A primeira será executada até maio e corresponde à mobilização nas unidades escolares. Em seguida, vêm as etapas de inscrição e registro de inscritos; de fortalecimento das aprendizagens (de maio a outubro) e de apoio logístico para a realização das provas (novembro). Durante o encontro, os participantes receberam, também, as devolutivas das ações do ENEM 100%, em 2017, tiraram dúvidas e compartilharam experiências.

O superintendente de Políticas para a Educação Básica, Ney Campello, ressaltou a importância do ENEM 100% para os estudantes da rede estadual. “Este projeto tem como objetivo alcançar 100% dos estudantes, sobretudo, da terceira série do Ensino Médio regular ou da Educação Profissional inscritos no exame. O ENEM, articulado com programas como o Prouni e o Fies, assegura o acesso desses nossos estudantes à universidade e o nosso propósito é o de que 100% dos nossos estudantes, no período entre 7 e 18 de maio, estejam habilitados e se preparem para as provas”, frisou.

A diretora de Educação Básica, Tereza Farias, destacou que esta videoconferência foi uma primeira chamada de diálogo, levando em conta as mudanças de regras para o ENEM. “A gente migra do espaço colaborativo do IAT para a plataforma do Google Sala de Aula, que vai atingir um número maior de estudantes e professores, que estão aperfeiçoando as suas práticas pedagógicas com o uso de ferramentas digitais, através de cursos de aperfeiçoamento e o projeto Redijaê, que proporciona correção de redações, vai estimular o uso dessas ferramentas”.

A gestora chamou a atenção, também, para o fato de que o estudante concluinte do Ensino Médio na rede estadual deverá manifestar o seu pedido de isenção da taxa de inscrição do ENEM 2018. “Esta é uma novidade que o MEC coloca e tem um prazo muito curto, que é até domingo, dia 15 de abril. Tratamos de outras mudanças relacionadas ao exame para 2018, como por exemplo, a ampliação do tempo de prova para algumas áreas do conhecimento e a realização da prova em dois domingos, como já aconteceu no ano passado”, completou.

Redijaê – Me­ca­nismo de for­ta­le­ci­mento do pro­cesso de pre­pa­ração dos es­tu­dantes, o Redijaê é uma das ações do ENEM 100% e funciona como um conjunto de estratégias para ajudar o estudante que vai fazer o Exame, já que a redação é uma etapa de peso do ENEM. As atividades do Redijaê visam contribuir para que o estudante compreenda as competências através dos cursos on-line, oferecidos no ambiente virtual do Portal da Educação, e possam produzir um texto eficiente, para que tenha mais chance de entrar para o Ensino Superior.

Além disso, a Secretaria da Educação do Estado disponibiliza mais de seis mil conteúdos digitais educacionais no Ambiente Educacional Web, com o objetivo de auxiliar os estudantes na preparação para o ENEM. São conteúdos de todas as disciplinas das áreas de conhecimento e de todos os níveis de ensino, produzidos e/ou catalogados por educadores da Rede Anísio Teixeira.

Fonte: Portal da Educação

 

Educadores debatem sobre desafios e possibilidades para a educação em prisões

Educadores e gestores de toda a Bahia participaram, nesta quinta-feira (12), de uma videoconferência sobre “Educação em Prisões – Desafios e possibilidades para a Educação de Jovens e Adultos privados de liberdade”, promovida pela Secretaria da Educação do Estado em parceria com a Secretaria de Administração Penitenciária. Realizada no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, e transmitida para as tele salas dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), o encontro teve o objetivo de refletir o atendimento que é dado aos jovens e adultos privados de liberdade e discutir estratégias para a elaboração do Plano Estadual de Educação em Prisões, para o período de 2018 a 2022.

Atualmente, a rede estadual de ensino conta com três mil estudantes privados de liberdade nas cidades de Salvador, Feira de Santana, Valença, Eunápolis, Teixeira de Freitas, Vitória da Conquista, Itabuna, Jequié e Paulo Afonso. A professora Isa Castro, da Coordenação da Educação de Jovens e Adultos (EJA), da Secretaria da Educação do Estado, falou sobre a dinâmica do encontro. “A ideia é mobilizarmos gestores de escolas e das unidades prisionais, professores, agentes penitenciários e coordenadores pedagógicos, além de profissionais que queiram se engajar neste trabalho, pois a Educação em prisões é feita respeitando as diversidades, para que possamos evoluir neste caminho”, afirmou.

No debate, André Guedes, da Superintendência de Ressocialização Sustentável, da Secretaria de Administração Penitenciária, falou sobre a importância do debate para o melhor atendimento às pessoas privadas de liberdade. “Precisamos começar entendendo a dinâmica completamente diferente das rotinas do sistema penal e daquele que está privado de liberdade. E este entendimento apresentado na videoconferência vai ajudar a todos os professores e instituições que trabalham em conjunto a entenderem a especificidade e a necessidade para esse sistema, principalmente por constatarmos um grande nível de interesse dos internos e perceber que as parcerias ajudam os professores a utilizarem uma metodologia que contribui na formação adequada deles”, disse.

A diretora Maria das Graças Barreto, do Colégio Professor George Fragoso Modesto, localizado no Complexo Penitenciário da Mata Escura, ressaltou que o encontro “é fundamental para aprofundar o diálogo, trocar experiências e discutir estratégias com educadores de escolas e atores que participam do atendimento em unidades prisionais, pois sabemos dos desafios que é trabalhar uma educação diferenciada e com outra metodologia devido à situação deles de privação de liberdade”, concluiu.

Fonte: Portal da Educação

Secretário Walter Pinheiro busca em Brasília investimentos para projetos educacionais na Bahia

IMG-20180411-WA0011

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, vem participando de uma série de encontros, nestas terça e quarta-feira (10 e 11), em Brasília, com representantes de diversas instituições, dentre elas o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), UNESCO, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), o Banco Mundial e a representante mundial de operadoras de telefonia móvel GSMA. O objetivo é apresentar projetos e atrair investimentos para a Bahia, no âmbito do Programa Educar para Transformar, além da participação dos mesmos no Virtual Educa, um dos maiores eventos internacionais para a Educação na América Latina, que será realizado, pela primeira vez na Bahia, de 4 a 8 de junho, e onde será lançado o programa Think Blue, do Banco Mundial.

“Estamos desenvolvendo várias ações para fortalecer o eixo pedagógico das escolas e, neste sentido, temos buscado parcerias para investimentos em projetos que aliam inovação, ciência e tecnologia aplicadas à educação. Lançamos, por exemplo, o e-Nova Educação em parceria com o Google, além do Inova Escola, junto com a

 Telefônica Vivo. Agora, estamos dialogando com outros organismos nacionais e internacionais”, destacou Pinheiro.

O secretário vem participando, nos últimos anos, de congressos mundiais nas áreas de Educação e Tecnologia, buscando atrair para a Bahia projetos e parcerias estratégicas. “Participamos este ano do Congresso Mundial de Tecnologia Móvel, organizado pela GSMA, em Barcelona, onde apresentamos as soluções e plataformas utilizadas na Bahia. Também estivemos no Festival Jovem Juvenil (YOMO) e queremos trazer para o Virtual Educa Bahia 2018 as soluções de tecnologia aplicadas à Educação lá apresentadas”.

A GSMA representa as operadoras de telefonia móvel em todo o mundo, unindo cerca de 800 operadoras com mais de 300 empresas no amplo ecossistema móvel, incluindo fabricantes de celulares e aparelhos, empresas de software, fornecedores de equipamentos e empresas de internet, bem como organizações de setores adjacentes da indústria. A GSMA também produz eventos líderes do setor.

Fonte: Portal da Educação